Posted by Vanderlei Aragao


Um Novo Século de Luz

Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que a natureza continuasse
Vertendo Amor por toda a Terra
Fazendo dos campos verdejantes um tapete de cores
Onde a criança caminhasse entre flores
Sem temores...
Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que em cada favela, em cada vila
Todas as crianças tivessem guarida
No coração do homem...
Operário ou empresário
Para nele encontrar...
Nem que fosse um cantinho
Para falar de seus sonhos
Que eles não são quimera
Que alguém pode fazer dele
Eterna primavera...
Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que ninguém chorasse mais a partida
Do filho querido que a morte levou
Que descobrisse no Evangelho
Que um lugar existe
É um mundo tão belo!
Nos braços ternos de alguém
É recebido ele
Com anelo!
Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que o Século vinte e um
Fosse o século de luz
Que todos nele se iluminassem
Para que o Amor
Em todos despertasse...
Ah! Eu queria tanto, como eu queria
Que todos vivessem em paz
E na Terra toda
Esta paz reinaria...
Demonstrando a você, irmão
Que é também capaz
De construir o século de luz,
Vivendo realmente
O grande amor de Jesus
Ah! Como eu queria...


Autor: Meimei
Psicografia de Miltes Bonna


0 comentários: